9 ferramentas de SEO para blog que você deve testar

ferramentas de seo para blog

Como você pode trabalhar de maneira mais inteligente e rápida com o SEO?

É incrível a diferença que uma boa ferramenta pode fazer em nossa vida e também no trabalho. Imagine o tempo extra que você ganha ao executar suas tarefas de forma mais eficiente, garantindo também o bom gerenciamento dos resultados.

Sem tempo para ler? Quer descansar a vista? Então aperte o play abaixo e ouça esse artigo na íntegra:

E tudo começa com a escolha das ferramentas certas.

Selecionamos para esta lista 9 dicas de ferramentas de SEO para blogs. Essas ferramentas são rápidas, gratuitas e fáceis de usar. Esperamos que você encontre boas opções para começar a testar hoje!

 

9 ferramentas gratuitas e fáceis de SEO

 

1. Google PageSpeed ​​Insights

Verifica a velocidade e a usabilidade do seu site em vários dispositivos.

Insira uma URL e a ferramenta testará o tempo de carregamento e o desempenho para computadores e dispositivos móveis. Além de identificar oportunidades de melhoria (e dar um tapinha nas costas para quem está fazendo tudo certinho).

Os resultados para dispositivos móveis também contam com uma pontuação de experiência do usuário, classificando áreas como: pontos de toque e tamanhos de fonte.

ferramentas-seo-blog

Dica bônus:

Além da ferramenta do Google, existem outras opções de ferramentas online que oferecem ótimas análises para o seu site. São elas:

  • O GT Metrix fornece um relatório fantástico e mais completo sobre insights para melhorar velocidade de carregamento de sites.
  • O Dareboost traz além de tudo melhores práticas de desenvolvimento para melhorar a estrutura do seu site.

 

2. SEMrush

Outra ferramenta de SEO para blog é o SEMrush.

O SEMRush é uma ferramenta premium que permite que os profissionais de marketing pesquisem as palavras-chave de um concorrente em resultados orgânicos (resultados normais exibidos na pesquisa) e pagos.

Usando a interface gratuita, você pode inserir o endereço do seu website ou do seu concorrente e obter uma boa visão geral do tráfego para o site, palavras-chave nas quais o site está classificado e muito mais. Isso é ótimo para análise e criação de novas estratégias que o destaquem dos seus concorrentes.

Pierre VeyratA ferramenta é cheia de funcionalidades e quem explica mais sobre ela e dá as dicas para aproveitar cada dado é o Pierre Veyrat, especialista em SEO.

A principal vantagem do Semrush é seu banco de dados de posicionamento de palavras-chaves. Todo mês, eu faço uma extração de todas as palavras-chaves posicionadas pelo site dos meus clientes.

Ao consolidar esses dados dentro de uma tabela Excel, você consegue criar tabelas dinâmicas onde será capaz de analisar mês a mês a evolução do posicionamento das palavras-chaves para cada página do seu site. Depois, basta você extrair também os dados do Google Analytics para poder cruzar os dados de tráfego com os dados de posicionamento das palavras-chaves.

Ao proporcionar a exportação de grandes quantidades de palavras-chaves, o Semrush permite que você faça qualquer tipo de análise aprofundada. Você pode:

  • Criar um dashboard com a evolução da quantidade de palavras-chaves indexadas em cada posição, mensalmente.
  • Todo início de mês, analisar quais palavras-chaves com mais de 250 buscas mensais ganharam mais de 3 posições e estão atualmente no top 10 (para identificar as fontes de crescimento).
  • Analisar quais palavras-chaves com mais de 250 buscas mensais perderam mais de 3 posições e estavam no top 10 o mês anterior.
  • Analisar a quantidade de palavras-chaves posicionadas pelos conteúdos em posições superiores a 10, para identificar quais posts precisam ser otimizados em prioridade de forma a atingir a primeira página.
  • Identificar se algum post importante perdeu palavras-chaves específicas, para re-otimizar o conteúdo de acordo com as quedas identificadas previamente.

 

relatorio-de-palavras-chaves

 

O Semrush proporciona ainda uma forma fácil e rápida de mergulhar no mundo de palavras-chaves do seu negócio.

 

analise-concorrentes

 

Para isso, basta identificar os grandes players do seu mercado e extrair todas as palavras-chaves posicionados por eles.

Depois, você pode analisar os concorrentes desses grandes players para identificar todos os principais players do mercado com o relatório de concorrentes do Semrush.

 

concorrentes-semrush

 

Outro relatório interessante é a análise de backlinks onde é possível identificar:

  • Quantos backlinks o site tem de cada domínio (e a autoridade dos domínios)
  • Os textos âncoras usados nos backlinks

 

backlinks-analise

 

3. Planejador de palavras-chave do Google

Saiba o que as pessoas pesquisam.

Insira uma palavra-chave ou grupo de palavras-chave na ferramenta e o Google retornará com todos os tipos de estatísticas úteis para orientar sua estratégia de palavras-chave como:

  • Volume de pesquisa mensal;
  • Concorrência;
  • Até mesmo termos sugeridos que você talvez não tenha considerado.

A base de qualquer campanha de marketing em mecanismos de busca é encontrar as palavras corretas. E uma pesquisa criteriosa pode trazer ótimos tópicos para criar conteúdos em seu blog.

Você pode encontrar o Planejador de palavras-chave fazendo login no Google AdWords → Ferramentas → Planejador de palavras-chave.

palavras-chave-Google-Adwords

O Planejador de Palavras-chave fornece grande parte das funcionalidades da antiga Ferramenta de Palavras-chave. O foco, no entanto, está na geração de anúncios via Google AdWords e não na simples pesquisa de palavras-chave orgânica.

Alternativa: Keywordtool.io

No Keywordtool são mais de 700 ideias de palavras-chave baseadas em uma única palavra-chave. Insira a palavra-chave e a ferramenta fornece um grande número de variações de palavras-chave long tail, organizadas em ordem alfabética.

 

4. Moz Local Listing Score

Veja como está a presença online da sua empresa física.

O Moz processa dados de mais de 15 fontes diferentes – incluindo o Google, o Foursquare e o Facebook – para avaliar como seu negócio físico está no meio online. Os resultados vêm completos com uma lista de correções necessárias do que está inconsistente ou incompleto sobre a sua empresa.

É uma ferramenta muito usada em SEO para ver a autoridade de um site, que é uma métrica super importante. Quanto maior for a autoridade de um site, mais fácil seus conteúdos e páginas vão rankear no Google.

O Moz analisa basicamente alguns fatores para chegar a esse número de autoridade, sendo que o principal fator analisado é quantidade (e a qualidade) de backlinks que determinado site tem.


 

5. Open Site Explorer

Análise abrangente de links.

A versão gratuita do Open Site Explorer oferece uma visão rápida de uma ampla gama de links, incluindo uma visão dos links mais importantes e de suas páginas mais linkadas.

Neste etapa de análise de links, o Moz (que citamos no item 4) possui um plugin gratuito que pode ser instalado no Chrome. Assim quando você pesquisa algum termo, o plugin mostra rapidamente qual é a autoridade das páginas, quantos backlinks o site tem etc.

 

plugin-moz-ferramenta-seo

 

6. Schema Creator

Personaliza a forma como os resultados da sua pesquisa aparecem.

Crie um código personalizado para que seus comentários, eventos, organizações e classificações sejam exibidos da maneira desejada nas páginas de pesquisa. Depois de criar seu código no Schema, copie e cole no seu website ou experimente o plugin gratuito do WordPress para uma implementação ainda mais fácil.

Veja um exemplo do Schema em ação:

ferramentas-seo-blog-schema

 

7. SERPs Rank Checker

Veja onde seu site está classificado para determinados termos nas páginas de resultado de buscas (SERPs). Você pode executar o Rank Checker de duas maneiras:

– Insira sua palavra-chave e seu site e veja onde você está.

– Deixe o campo de site em branco para visualizar a lista de resultados de uma palavra-chave.

 

8. Find Broken Links

Descubra erros no seu site.

O relatório de links da Ninja Internet Marketers examina todo o seu site e destaca vários insights sobre links, incluindo os links internos e externos que precisam ser corrigidos.

 

9. Copyscape

Verifica se há conteúdo duplicado em seu blog.

Insira uma URL para um blog ou site e o Copyscape informa onde mais esse conteúdo existe online. Você pode encontrar resultados para os quais precisará fazer um acompanhamento para ajudar a colocar seu SEO em ordem.

  • Yoast SEO: é um plugin WordPress. Com ele, você tem um conjunto de ferramentas sólidas que ajudam a melhorar o desempenho nos resultados das pesquisas.
  • Tiny PNG: é um site que compacta imagens automaticamente. Imagens menos pesadas favorecem o tempo de carregamento das páginas.
  • Redirection 301: é uma instrução para o servidor que informa que a autoridade do endereço 1 será remetida agora para o endereço 2.
  • AMP: Accelerated Mobile Pages. É uma iniciativa do Google em parceria com outros publishers para criar estruturas de carregamento rápido de conteúdos em dispositivos móveis.

Reunir uma lista de ferramentas de SEO para blog é uma tarefa extensa. Existem centenas por aí! Essas são apenas algumas das opções que existem na web que você pode usar em poucos minutos para obter insights incríveis.

Quais ferramentas de SEO são as suas favoritas? Você prefere ferramentas da web como essas ou plugins e planilhas? Conta pra gente sua opinião nos comentários.

Leia também: Conheça os melhores plugins WordPress indispensáveis em 2018.

 

Os serviços do Vooozer ajudam a área de Vendas das empresas a capturar mais leads e aumentar as vendas. Os posts em áudio facilitam a vida do usuário, além de auxiliar no marketing de conteúdo com engajamento dos leitores e melhor ranqueamento no Google.

Deixe uma resposta