Como criar um relatório de marketing digital que seu gerente vai adorar

relatorio-marketing-digital

Como profissional de marketing digital, você influencia diretamente o crescimento de sua empresa. Um post de mídia social oportuno, campanhas de e-mail marketing segmentadas e páginas de produtos otimizadas para mecanismos de pesquisa são excelentes catalisadores para a atividade de vendas.

Descubra como montar um relatório de marketing digital de primeira, sem precisar ler. Aperte o play e ouça o artigo!

Mas como exatamente você demonstra seu impacto na alta administração? Medindo e comunicando consistentemente os resultados de seus esforços em um relatório de marketing digital.

Uma parte importante de uma estratégia bem-sucedida de business intelligence é implementar um relatório de marketing digital em seus procedimentos principais. Mas apenas 22% das empresas estão satisfeitas com suas taxas de conversão.

Dito isto, um relatório de marketing se tornará o coração de como conquistar clientes, pesquisar o mercado, fornecer insights detalhados sobre as informações mais valiosas para um negócio: será que nosso desempenho está no caminho certo?

Por fim, fornecerá uma visão clara dos KPIs de marketing digital mais relevantes e criará uma base sólida para aumentar as conversões.

Se você está lendo isso, provavelmente significa que você entende a importância de acompanhar seu desempenho e sua progressão ao longo do tempo. Seja em marketing, em vendas, finanças ou para executivos, os relatórios são essenciais para avaliar sua atividade e os resultados.

O gestor Peter Drucker afirmou certa vez que “se você não pode medir algo, não pode melhorá-lo” – e ele não poderia estar mais certo. Para saber se você é bem sucedido, primeiro você precisa definir o sucesso e rastreá-lo.

Você precisa descobrir algumas coisas ao lançar e executar uma campanha de marketing:

  • Seus esforços estão valendo a pena?
  • Como você sabe disso?
  • Se você está fazendo as coisas da maneira certa, deveria fazer mais?
  • Ou mudar drasticamente para outro caminho?

Usar os KPIs de marketing digital corretos é um bom começo – o que resta agora é encontrar uma maneira de organizar tudo de uma maneira que faça sentido e agregue valor. Vamos nos aprofundar nessa parte de como montar um relatório de marketing digital completo.

O que é um relatório de marketing digital?

Um relatório de marketing digital é um conjunto de dados criados para analisar o desempenho de uma campanha ou esforço de marketing específico.

É utilizado para comunicar eficazmente a estratégia de marketing de uma empresa, incluindo pesquisa, táticas promocionais, objetivos e resultados esperados.

Por que você precisa de relatórios de marketing digital?

Todos nós já ouvimos falar do famoso final do mês, quando é hora de entregar os relatórios, seja em uma agência ou internamente.

Enquanto seu teclado está queimando e seus dedos tentam acompanhar seu cérebro e compreender todos os dados sobre os quais você está escrevendo, usar uma ferramenta interativa de visualização de dados online para definir parâmetros de tempo específicos ou metas que você rastreou pode trazer muita economia de tempo e, conseqüentemente, poupar muito dinheiro.

Existem inúmeros relatórios em seus dados de marketing. A pergunta geralmente é: por onde eu começo?

Há algum relatório básico que possa me ajudar a ficar mais confortável com essas montanhas de dados agregados? Para começar, você pode querer se equipar com um software de marketing para analisar todos os seus dados e criar facilmente relatórios profissionais.

Em segundo lugar, lançar uma campanha com metas alcançáveis ​​só vale a pena se você verificar com regularidade e ver se está no caminho certo – esperar pelo final da campanha para ver como ela se comporta é, infelizmente, um erro comum que as pessoas cometem.

Como afirma um artigo da revista Forbes, “não existe algo como ‘definir e esquecer’ [no marketing digital]”. Perceber que algo não funciona como planejado no 7º dia em vez do 47º é muito tempo poupado e menos dinheiro desperdiçado.

Começando do começo, é preciso: organizar e priorizar suas atividades de marketing digital.

Top 10 itens principais para incluir em um relatório de marketing digital

Um relatório de marketing digital mensal é essencial para o sucesso de qualquer trabalho. No entanto, não precisa ser uma tarefa tediosa todo mês.

Esta é sua chance de se gabar do seu trabalho!

Crie um modelo de relatório de marketing digital que destaque suas principais estratégias e sucessos. Além disso, aproveite este momento para explicar qualquer problema com o qual você tenha lidado nas últimas semanas e debater soluções.

Essas métricas e relatórios destacam como sua estratégia de marketing está tendo sucesso (ou falhando) de mês para mês. Mas, mais importante, este relatório de marketing digital apresenta dados em um formato que é fácil de digerir.

Aqui estão os 10 itens que devem ser incluídos em todos os relatórios mensais de marketing digital para serem mais informativos:

1. Uma página Resumo/Destaques

Um resumo deve ser sempre a primeira página do seu relatório. Deve destacar as métricas mais importantes e uma visão geral do projeto. Além de torná-lo conciso e fácil de ler.

As pessoas devem ter uma compreensão geral de onde está o marketing naquele mês a partir da primeira página. Tudo o que vem depois desta seção deve ser apenas informação mais detalhada para as áreas que você discutiu na página de resumo.

Você também pode usar esta seção para falar com as pessoas que podem não estar completamente familiarizadas com estratégias de marketing digital e vocabulário. Então tente manter o texto acessível e o jargão ao mínimo sempre que possível.

2. Estratégia de Marketing Atual

Enquanto você está (espero) bem por dentro em sua estratégia de marketing digital e público-alvo, algumas de suas partes interessadas podem não estar tanto. É por isso que é uma boa ideia incluir uma seção no relatório de marketing digital que aborda sua estratégia básica de marketing.

Inclua uma seção que responda às seguintes perguntas:

  • Quem é o mercado alvo?
  • Quais são os principais canais de marketing?
  • Quais oportunidades de crescimento estão sendo buscadas atualmente?
  • Qual é o escopo atual deste projeto?

Essencialmente, é soletrar para o chefe/cliente exatamente porque eles contrataram você!

Certifique-se de que o escopo do projeto seja claro e, em seguida, reforce a confiança de que você desenvolveu uma estratégia bem pensada.

Se você está oferecendo SEO como um serviço, este é o lugar onde você dá uma breve visão geral do que é SEO e como você está aumentando os rankings.

É aqui que você também discutirá o público-alvo e elaborará como seus clientes estão sendo alcançados. Você está se concentrando no e-mail marketing este mês ou melhorando as taxas de conversão de seu blog?

Dê uma breve visão geral do que foi realizado neste mês em relação à sua estratégia geral de marketing. Você sempre pode elaborar mais (e você deve) nas seções métricas.

Se houver alterações no seu mercado ou público no último mês, inclua-as aqui também. Considere adicionar informações sobre sua concorrência se achar relevante.

Esta é uma das seções mais importantes do relatório de marketing digital. Isso preparará o terreno para o quão bem as pessoas entenderão o restante do relatório. Se o gerente/cliente não entender o que são as campanhas de PPC, o resto dos números no relatório a seguir também não terá sentido.

3. Métricas de Conversão

Em última análise, os clientes estão mais interessados ​​nas métricas que afetam seus resultados.

As seções de métricas abaixo devem ser o ingrediente principal do seu relatório de marketing digital e incluir gráficos e estatísticas que mostram os números que respaldam seus objetivos e seu progresso.

Lembre-se, metade do desafio de criar um ótimo relatório de marketing digital é facilitar a compreensão. A última coisa que você quer é sobrecarga de informação. Execute relatórios sobre métricas como:

  • Leads por canal (fontes offline, mídia social, referências, pesquisa paga, e-mail marketing, etc.);
  • Receita (especialmente se seu cliente tiver um e-commerce);
  • Leads pagos vs. Leads orgânicos
  • Custo por conversão para canais pagos (AdWords, anúncios do Facebook, Bing Ads, etc.)

É sempre uma boa ideia comparar as métricas de mês para mês para ver onde você se destaca e em quais áreas precisa melhorar.

4. Métricas de Tráfego por Canal e Dispositivo

É imperativo que você entenda de onde vem o tráfego da web e como ele funciona para que você não perca tempo ou dinheiro desenvolvendo canais malsucedidos.

A maioria de seus visitantes da web vem de leads de marketing por e-mail, pesquisa paga ou referências etc.?

Acima, nos concentramos no total de conversões, mas aqui vamos nos aprofundar em diferentes métricas de tráfego. Métricas importantes para incluir detalhadas por canal e dispositivo incluem:

  • Taxa de rejeição
  • % Novas sessões
  • Páginas principais
  • Desempenho da campanha de e-mail
  • Principais referenciadores

Use essas métricas como base nas próximas seções de relatório, nas quais você aprofundará cada canal e fará recomendações daqui para frente.

A taxa de rejeição é especialmente alta no celular? Recomende a atualização do site para um modelo responsivo. Entenda o que é mobile first indexing, como ele funciona e a importância no SEO, neste outro artigo do nosso blog.

Um post específico do blog recebe muito tráfego, mas tem uma taxa de conversão baixa? Recomende que o post do blog seja revisado ou implemente um lead magnet nessa página ou agregue uma estratégia de Audio Marketing.

Use essas métricas para desenvolver sua estratégia de marketing daqui para frente.

5. Visão Geral de SEO

Esta seção dependerá de quais serviços de SEO você oferece.

  • Você está otimizando o site?
  • Ou você fornece principalmente serviços de link building?

Compartilhe uma visão geral de como os rankings aumentaram. Em seguida, aprofunde com informações adicionais sobre o que você fez para alcançar esses resultados. Inclua uma tabela mostrando novos backlinks para o mês ou uma auditoria do site atualizada para mostrar o progresso no site.

6. Blog Leads

Se você está gerenciando o blog de um cliente ou uma estratégia de marketing de conteúdo, ele merece uma seção própria no relatório de marketing digital mensal.

Os blogs geram tráfego e leads. Por isso, você deve documentar esses dados todos os meses para garantir que ele continue funcionando de maneira ideal.

Monitore como as pessoas estão localizando o conteúdo publicado no blog e, em seguida, analise quais canais são mais bem-sucedidos e quais precisam de melhorias.

Isso deve ajudá-lo a otimizar a estratégia de conteúdo também – as pessoas estão seguindo os artigos “como fazer” ou preferem seus infográficos?

Uma ótima maneira de mostrar aos clientes como as postagens de blog trouxeram novos leads é criar uma seção de relatório com conclusões de metas com base em landing page.

Você pode filtrar o relatório por ‘Pesquisa orgânica’ para mostrar com que frequência os usuários acessam e convertem em uma postagem do blog por meio da pesquisa.

7. Campanhas PPC

Se você gerencia campanhas de PPC para clientes, dedique uma seção de relatório a métricas específicas dos canais pagos.

As principais métricas para incluir para cada canal de PPC são:

  • Custo por conversão
  • Taxa de cliques
  • Impressões
  • Gastos com anúncios
  • ROI (ou ROAS, retorno do investimento em publicidade)

Compare essas métricas para cada canal. Se um cliente tiver um orçamento limitado, essa é uma oportunidade perfeita para gerar muito valor para um cliente. Faça uma recomendação com base nessas métricas, nas quais ele deve focar seu orçamento para gastos com publicidade.

8. Visão Geral Mídia Social

O Social Media Marketing é outra parte importante de sua estratégia geral de marketing digital com KPIs específicos que você deve incluir em um relatório de marketing digital.

Dê uma visão geral do desempenho de cada canal de mídia social ativo:

  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube, dentre outros incluídos na estratégia.

Concentre-se especificamente nas métricas de engajamento para entender melhor o sucesso em cada canal.

Para demonstrar como as mídias sociais geram novos leads, você pode incluir um relatório de tráfego da web filtrado por “Social”. Isso representará um quadro completo, mostrando dois objetivos importantes do marketing de mídia social: engajar clientes existentes e gerar novos leads ou vendas por meio de canais sociais.

Leia também: Marketing de Engajamento: os 5 princípios e 7 dicas práticas.

9. Metas e ideias para futuras campanhas

Definir metas e, em seguida, se esforçar para alcançá-las é o que manterá sua marca em crescimento, então você definitivamente deve incluir uma seção de metas em seu plano a cada mês.

Você pode revisitar as metas de mês para mês para ver como está progredindo e suas equipes de vendas e SEO vão gostar de ficar atualizados nesta área também.

É sempre uma boa ideia destacar quaisquer planos futuros que você tenha para campanhas de marketing. Esta é uma boa maneira de envolver outras partes interessadas e dar-lhes a oportunidade de fazer perguntas e acompanhar seu progresso, se assim desejarem.

10. Projeções Financeiras

Esta seção nunca será 100% precisa, mas deve incluir todas as informações presentes em seu plano de marketing.

Você pode discutir as despesas promocionais futuras que você pretende gastar, bem como o retorno esperado do investimento. Esta área deve abordar as metas que você listou na seção anterior, mas ir além, incluindo os custos projetados para atingir esses objetivos.

Relatórios de marketing digital na prática: case Endeavor

A seguir, vamos ver como a Endeavor usou os posts em áudio e as métricas obtidas com esse recurso para aprimorar seus relatórios, obter melhor visão de resultados e traçar uma nova e mais poderosa estratégia de conteúdo.

“Em 2017, demos um novo passo para engajar os empreendedores que já acompanhavam a Endeavor. Decidimos trabalhar o conceito de engajamento por meio de uma meta que considerava oito conversões em materiais ricos ou eventos online, feitos ao longo da vida daquele lead, sendo que um deles pelo menos foi feito naquele ano.

Nosso histórico de métricas nos dizia que, a partir das oito conversões, todo empreendedor era promotor e nosso objetivo, enfim, era criar uma rede com milhares de empreendedores promotores do nosso conteúdo.

O problema é que, por conta da limitação de mensuração, só valia para e-books, ferramentas e webinars, sem considerar vídeos e artigos, que eram nossos formatos de maior acesso.

Nesse sentido, se um empreendedor consumisse 20 artigos no ano, mas nenhum e-book, ele não seria visto como engajado pelas nossas métricas.

Para resolver isso, passamos a usar a ferramenta do Vooozer nos artigos de maior tráfego no portal. Foram mais de 200 áudios gravados pela equipe, quando ainda era o Albert quem gravava todos 🙂 E usamos a ferramenta de captura de leads também.

No primeiro mês, 15% do total de leads gerados vieram do Vooozer. Lembro até hoje daquela reunião de OKRs: alguém perguntou o que era o Vooozer, nós explicamos, perguntaram quanto custava cada áudio e no final disseram: coloca em todo o portal, isso é maravilhoso!”

Laís Grilletti, Produtora de Conteúdo na Endeavor.

Por que tantas análises de dados, afinal? Simplesmente porque começamos este artigo com a citação de Peter Drucker, “o que não é medido, não pode ser melhorado”.

Esses relatórios de marketing digital estão dividindo, cortando e analisando dados, enquanto conectam os pontos entre suas atividades de marketing e as metas originalmente definidas.

Eles ajudam você a tirar conclusões – mas também lições! – de suas campanhas, vários testes e erros. E ajudam ainda a identificar problemas, bem como oportunidades para capturar e replicar o sucesso.

Para gerar melhores resultados a cada mês, você precisa estar atualizado com os dados do mercado. Baixe nosso Kit de Engajamento e tenha acesso a insights valiosos para criar ações de marketing que realmente engajam as pessoas.


Deixar uma resposta