questionario-de-pesquisa-de-marketing

Questionário de pesquisa de marketing: confira 6 dicas de como fazer

Precisando elaborar um questionário de pesquisa de marketing, mas ainda não sabe como? Saiba que você acaba de encontrar a solução que precisava.

Confira nossas dicas sobre como fazer um questionário de pesquisa de marketing sem precisar ler. Aperte o play e ouça as dicas!

A realização de pesquisas de marketing contribui muito para o sucesso dos negócios. Esse tipo de estudo possibilita ao gestor um maior conhecimento sobre o mercado em que a empresa atua, considerando fatores como produto, preço, distribuição, promoção, comportamento do consumidor, tendências mercadológicas, etc.

Os resultados das pesquisas de marketing servem como base para tomadas de decisão relacionadas às estratégias de comunicação entre o público e a marca.

Tendo em vista a importância dessa temática, elaboramos uma lista com 6 dicas de como montar um questionário de pesquisa de marketing eficiente.

Confira!

6 dicas de como fazer um questionário de pesquisa de marketing

1 – Simplicidade

Na hora de montar o seu questionário de pesquisa de marketing, procure ser o mais simples e objetivo possível. Isso porque dificilmente o seu respondente estará disposto e engajado a ficar mais do que 15 minutos respondendo o seu questionário, mesmo que o assunto seja de interesse dele.

Se a sua pesquisa for muito longa e complexa, as pessoas escolhidas para responder às suas perguntas podem ficar impacientes e começar a responder aleatoriamente para se verem livres daquilo ou até mesmo desistir no meio do caminho. Isso, sem dúvida, comprometerá o resultado do seu estudo.

2 – Escalas

Procure usar escalas em vez do “sim” ou “não” no seu questionário de pesquisa de marketing. Ao fazer isso, é possível obter mais informações em cada uma das perguntas e, como consequência, fazer análises mais aprofundadas.

Suponhamos que você está interessado em descobrir o índice de satisfação dos seus clientes com o seu produto. Em vez de perguntar se eles estão satisfeitos ou não, você pode perguntar o quanto eles estão satisfeitos e apresentar as opções usando a chamada escala Likert.

Veja um exemplo:

  • Totalmente satisfeito
  • Satisfeito em partes
  • Indiferente
  • Insatisfeito em partes
  • Totalmente insatisfeito

Outra forma de utilizar a escala nas respostas é pedindo para que o respondente dê uma nota (geralmente de 0 a 5) para determinado tópico que você quer investigar (nesse caso, a satisfação).

3 – Explicação

O respondente da sua pesquisa tende a ter mais “boa vontade” para responder quando ele entende de que forma suas respostas serão úteis. Por isso, explique ao entrevistado que o feedback dele será muito importante para que a empresa melhore a experiência dele com o produto, por exemplo.

A explicação convém também quando as perguntas do seu questionário de pesquisa de marketing tratarem de assuntos mais pessoais ou que, a princípio, pareçam fora de contexto.

Exemplo: condições financeiras, hábitos de consumo, comportamento em determinadas situações, estimativa de tempo gasto em redes sociais, etc.

Nesses casos, é importante que você reforce na explicação o seu compromisso com a confidencialidade e com a segurança das informações que serão passadas.

4 – Linguagem

O marketing tem tudo a ver com a linguagem que a marca utiliza para se comunicar com o seu público. Por isso, na hora de elaborar o seu questionário, procure utilizar uma linguagem próxima daquela utilizada por seus consumidores.

Além disso, essa dica está relacionada também com a Dica 1. Adote uma linguagem simples e de fácil entendimento. O uso de termos muito técnicos, por exemplo, pode causar estranhamento e desinteresse nos seus respondentes.

5 – Sequência lógica

As perguntas do seu questionário devem seguir uma sequência lógica e coerente. Evite ficar mudando de assunto freneticamente; além de desnecessário, isso só fará com que os respondentes se sintam perdidos e desinteressados.

Uma boa estratégia é afunilar o questionário. Comece fazendo perguntas mais amplas a fim de qualificar e contextualizar seus respondentes.

Em seguida, parta para questões mais complexas, que exijam um pouco mais de raciocínio; nesse momento, a concentração do entrevistado estará mais elevada. Por último, faça perguntas mais fáceis e genéricas.

Mas sempre deixe perguntas muito pessoais para o final, como idade, orientação sexual e salário, por exemplo. Essas perguntas, quando colocadas ao início, podem ampliar as chances do respondente desistir da pesquisa.

6 – Teste

A última dica para elaboração de um questionário de pesquisa de marketing é crucial para o sucesso do seu estudo.

Quando todas as perguntas estiverem prontas, faça um teste antes de enviá-las para a sua amostra de respondentes. Isso será muito importante para identificar erros e fazer as devidas correções a tempo.

Escolha três pessoas, por exemplo, para revisar o questionário e atestar se está tudo dentro dos conformes. Assim, você consegue evitar erros e alcançar os resultados desejados.

Este artigo foi produzido pela MindMiners, empresa de tecnologia especializada em pesquisa digital. Com uma plataforma exclusiva para a realização de projetos de pesquisa de mercado totalmente automatizados, a MindMiners está transformando a pesquisa de mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *