ferramentas-de-palavras-chave

5 ferramentas de palavras-chave gratuitas para ajudar você a começar

Todos os anos, muitos desenvolvedores web dedicados e ambiciosos trabalham para tornar suas ferramentas de análise de palavras-chave um pouco mais avançadas e informativas do que no ano anterior.

Quer conhecer as melhores ferramentas de palavras-chave gratuitas mas está sem tempo para ler? Aperte o play acima e ouça o artigo!

As melhores ferramentas de palavras-chave exigem uma assinatura mensal, mas ainda existem ótimas opções gratuitas para você começar com o processo de pesquisa de palavras-chave.

Veja uma lista das 5 principais ferramentas de análise de palavras-chave que você encontra online que fornecem muitas informações gratuitas e perspicazes para ajudar você a aproveitar ao máximo suas iniciativas de marketing de pesquisa.

Os critérios usados para classificá-las são:

  • facilidade de uso;
  • recursos úteis fornecidos gratuitamente (versus recursos para usuários pagos);
  • amplitude dos dados fornecidos.

Vamos começar com…

Ferramentas de palavras-chave úteis para usar

5. Google Trends

O Google Trends encontra facilmente um lugar nessa lista por ser uma ferramenta simples para pesquisar comportamentos de pesquisa por palavras-chave em todos os vários índices do Google. Além de segmentação regional e habilidades comparativas para identificar outros termos significativos.

O download e o compartilhamento são possíveis por meio de sua interface e também podem ser acessados ​​em outros Domínios de Nível Superior (TLD, na sigla em inglês – Top Level Domain).

Essa ferramenta funciona como uma espécie de ponto de partida para verificar se um termo está surgindo versus diminuindo no interesse do usuário.

O que não gostar sobre o Google Trends?

A resposta: “Hmm, sua pesquisa não tem dados suficientes para mostrar aqui.”

Desculpe, Google, essa não é uma resposta satisfatória porque você é o Google e tem um enorme repositório de dados de pesquisa de vários servidores implantados.

Além disso, os valores fornecidos não demonstram uma pontuação quantitativa clara para seus termos de quebra e interesse de palavra-chave durante o período de tempo selecionado, que outras ferramentas terão que fornecer. Motivo pelo qual essa ferramenta precisa de suplementação para demonstrar popularidade.

Além disso, os campos de pesquisa no Trends poderiam ser melhores com o Google Suggest, o que ajudaria a conceder uma orientação adicional para encontrar mais termos do que sem ele.

A página inicial mostra uma lista de tendências de histórias, mas sua experiência envolvente desaparece quando uma consulta é inserida.

Os links para os resultados de pesquisa relevantes do Google Trends também poderiam ser fornecidos com facilidade para economizar o tempo que o usuário gasta abrindo outro navegador para fazer a pesquisa e conferir o que realmente aparece nela.

  • Facilidade de uso: 3.5/5
  • Recursos gratuitos: 5/5
  • Amplitude dos dados: 1,5/5
  • Total: 10/15

4. Google Correlate

O Google Correlate, como seu irmão Google Trends, ajuda os usuários a analisar termos que tenham um histórico de pesquisa semelhante à solicitação de outro termo.

Basta digitar um termo no campo fornecido ou fazer o upload do seu próprio e uma lista será preenchida, mostrando o que um usuário também pode pesquisar, historicamente.

É uma ótima ferramenta para explorar temas semelhantes em Marketing de Conteúdo e pode mostrar quais produtos podem levar sutilmente para um “Você também pode estar interessado em”.

A ferramenta renderiza dois gráficos de linha para mostrar tendências de comportamento de pesquisa e suas flutuações semelhantes ao longo do tempo.

Como a ferramenta Google Trends, esses dados também podem ser reduzidos a diferentes países ou refinados para estados no Brasil. Também pode ser exportado para um arquivo CSV para outra análise estatística.

O que não gostar sobre o Google Correlate?

Tem apenas um emprego e um emprego apenas: tendências de termos regionalizados.

Não há pesquisas totais, links relacionados ou outros dados quantitativos, tornando-se assim uma ferramenta mais estreita para usar em conjunto com outras ferramentas de análise de palavras-chave.

  • Facilidade de uso: 5/5
  • Recursos gratuitos: 2/5
  • Amplitude dos dados: 3,5/5
  • Total: 10,5/15

3. Google Search Console

O Google Search Console sempre foi e sempre será uma arma vital em SEO. Embora não possa ser deixado de lado em paz, seu papel como recurso para pesquisa de palavras-chave tem pontos positivos e negativos.

As duas áreas que oferecem mais orientação seriam a área “Links para seu site”, na qual o usuário pode ver as páginas com mais links e as palavras-chave associadas a elas.

No entanto, o melhor recurso dentro do GSC é na área “Search Analytics”, onde classificar e analisar as posições das palavras-chave pode ajudar até mesmo o SEO mais recente a descobrir onde estão os pontos fortes e fracos.

O que não gostar sobre o Google Search Console?

Por um lado, apenas 120 dias de dados. Mas a verdadeira fraqueza é que ela é tão boa quanto o desempenho do seu site até o momento. Então se você acabou de lançar o seu site e ainda está decolando, qualquer dado de tráfego que o Search Console possa oferecer a você, será extremamente limitado.

É muito mais poderoso com um tempo significativo já colocado em seu site, por isso você terá que esperar para aproveitar todo o seu potencial.

  • Facilidade de uso: 5/5
  • Recursos gratuitos: 5/5
  • Amplitude dos dados: 2/5
  • Total: 12/15

2. Moz Keyword Explorer

Todo mundo conhece o Moz. O Moz.com, da Rand Fishkin, destaca-se em lançar ótimas orientações e insights para profissionais de marketing de busca novos e experientes.

Eles também têm muita coisa acontecendo na sua Keyword Explorer para capturar sugestões de palavras-chave, taxas de cliques, dificuldade de classificação de palavras-chave e resultados orgânicos de primeira página mostrando qual é a responsável e por quê.

A ferramenta é incrivelmente poderosa e simples de usar, oferecendo aos visitantes a capacidade de baixar 1.000 palavras-chave com um único clique, sem precisar se inscrever para nada. Todo mundo deveria ter essa ferramenta marcada nos Favoritos.

O que não gostar sobre o Keyword Explorer?

20 consultas gratuitas limitadas por mês. O preço mensal é de aproximadamente US$ 150 por mês. Isso libera mais resultados, lista de salvamento e busca sem fim.

Existem outros recursos, como funções de auditoria de sites e rastreamento de classificação, que também entram em ação, mas estão um pouco além do escopo da necessidade de apenas uma ferramenta sólida de palavras-chave.

Além disso, se você quiser brincar com ele em um smartphone, prepare-se para uma experiência mais tediosa do que seria de esperar, pois o design, embora ótimo para monitores maiores, não tem uma boa usabilidade mobile.

  • Facilidade de uso: 3.5/5
  • Recursos gratuitos: 4.5/5
  • Amplitude dos dados: 5/5
  • Total: 13/15

1. SEMrush

O SEMrush é bem avaliado como um pacote de marketing digital completo. Com isso, muitas ferramentas perspicazes estão à sua disposição, sem precisar fazer muito mais do que se registrar gratuitamente.

A análise de lacunas de palavras-chave está disponível para mostrar em quais termos você e os concorrentes podem estar interessados. Dados de tráfego pagos e orgânicos são mapeados para se alinharem às atualizações do Google para demonstrar o que pode ter impactado nas classificações.

O texto âncora dos backlinks pode ser usado para identificar pontos fortes e fracos em sua autoridade de conteúdo.

Para usuários pagos, um rastreador de mídia social está disponível para observar como você e seus concorrentes compartilham audiências e estão crescendo em conjunto com os tipos de conteúdo publicados.

Ninguém poderia nem começar a contar o que todos os sinos e assobios do SEMrush fazem sem precisar de uma pausa de 15 minutos em algum momento.

O que não gostar sobre o SEMrush?

O preço de assinatura de US$ 99,95 é alto para prestadores de serviços individuais ou pequenas agências, quando outras ferramentas ​​de gerenciamento e descoberta de SEO também confiáveis cobram muito menos.

A versão gratuita do SEMrush geralmente fornece apenas 10 resultados de palavras-chave de cada vez e bloqueará imediatamente o usuário com um pop up de inscrição quando forem feitas 10 consultas.

  • Facilidade de uso: 4.5 / 5
  • Recursos gratuitos: 4/5
  • Amplitude dos dados: 5/5
  • Total: 13,5/15

Gostou da nossa lista de Ferramentas de palavras-chave e das nossas avaliações? Qual sua favorita? Usa outra com funcionalidades interessantes? Compartilhe com a gente nos comentários.

Gostou desse conteúdo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos como esse direto em sua caixa de e-mail!